Dieta BARF para gatos

Dieta BARF para gatos

Hoje em dia, cada vez mais ouve-se falar na dieta crua para o gato. Este tipo de dieta para gatos, é alvo de controvérsia entre donos e veterinários, formando opiniões diferentes.

Uma  dieta BARF para gato, têm muitas vantagens, mas por outro lado, não é assim tão simples como parece, tendo algumas desvantagens também.

Não basta pegar num bocadinho de carne crua e dar ao gato, pois existem riscos associados ao manuseamento de uma dieta crua que devem de ser esclarecidos, de forma a evitar consequências negativas no bem-estar do gato e claro em nós humanos também.

O termo «BARF» provém da língua inglesa  “Biologically Appropriate Raw Food” que em Português quer dizer Alimentação Crua Biologicamente Apropriada (ACBA).

Como os felinos são animais carnívoros por natureza, uma dieta BARF para gato, quando preparada da forma correcta, é bastante benéfica, pois oferece-lhes tudo o que necessitam na sua forma mais pura, tais como a taurina, vitaminas e minerais essenciais como os felinos selvagens encontram na mãe natureza. 

A dieta BARF para gatos, consiste numa dieta à base de carne crua preparada em casa, que na forma comercial, chama-se dieta Yum para gatos (embora muitas empresas também comercializem este tipo de comida com o termo BARF)

A dieta Yum para gatos, é feita também com carne crua, vísceras, gordura e pequenas quantidades de vegetais ou frutas e a única diferença é que pode ser comprada e não temos que nos preocupar em calcular a dose certa para o nosso gato.

A dieta Yum para gato, como é uma comida comercial composta por carnes cruas, passa por um controlo de qualidade exaustivo que,  depois ser congelada mata algumas das bactérias nocivas para a saúde do gato.

A dieta Yum é comercializada em diferentes tamanhos e sabores de acordo com a necessidade ou preferência do gato, (têm que ser guardada no congelador).

Para servir uma dieta Yum, basta tirar do congelador, e deixar descongelar. A dieta Yum, é perfeita para quem não têm tempo para preparar a dieta BARF para gato em casa, mas que mesmo assim quer oferecer ao gato uma dieta o mais natural possível.

Pode ver aqui mais sobre a dieta Yum e onde adquirir este tipo de dieta


Os defensores da dieta BARF para gato,  acreditam que dar carne cozinhada altera os nutrientes vitais para manter os felinos saudáveis 


Os defensores da dieta BARF para gato,  acreditam que dar carne cozinhada ou ração ao gato como forma de alimento aos felinos, não   é tão benéfico a nível nutricional como uma alimentação crua.

Uma dieta biologicamente apropriada para gato, imita  o que os felinos comeriam na natureza. Em geral, os gatos selvagens caçam e comem roedores e outros pequenos mamíferos, assim como também, pássaros, peixes, insetos e até mesmo répteis. 

Existem muitas controvérsias à volta de qual será a alimentação mais adequada para o gato e o que é certo é que os defensores de uma dieta crua acreditam que os efeitos na saúde do felinos são bastante visíveis e positivos.

Por outro lado, a oposição de uma dieta BARF para gatos, têm argumentos válidos sobre os perigos que uma dieta de carne crua pode implicar.

Devemos prestar cuidados extra quando temos um gato portador de alguma patologia que comprometa o seu sistema imunitário, pois, neste caso, uma dieta crua deve ser evitada devido ao facto de poder  conter bactérias e parasitas (Yersinia enterocolitica  Campylobacter,  Salmonella, etc), que podem comprometer ainda mais a saúde do gato doente

Se esse for o caso, pode-lhe também interessar  ler sobre:

Os Benefícios de uma dieta BARF para Gato.


 O que é uma dieta BARF para Gatos?  Dieta crua para gatos


Alimentar o gatos com uma dieta crua significa alimentá-los com carne não cozinhada, vísceras e ossos.

A dieta crua para gato, deve ser  preparada com base em receitas equilibradas de forma a proporcionar as doses certas de carne, gordura e verdura ou fruta, de forma a proporcionar todos os nutrientes e vitaminas necessários para o bem-estar do gato.

É necessário ter em conta que na natureza, os gatos requerem uma dieta idêntica à composição de um rato médio  que consiste em 50 % a 60 % de proteínas, 20 % a 30 % de gorduras e 3 % a 8 % de hidratos de carbono.

Os gatos não comem apenas a carne magra da sua presa, comem também parte da pele e ossos, vísceras, coração, fígado e pulmões que são bastante ricos em fibras dietéticas e cálcio. As fibras dietéticas ajudam a regular o sistema digestivo de forma a prevenir as bolas de pelo.

Por estes motivos, a dieta BARF para gatos, torna-se um desafio para quem quer preparar este tipo de dieta em casa, pois se não for totalmente balanceada, podemos estar a privar o felino de vitaminas e minerais vitais para a sua saúde. 

Se achar que uma dieta BARF para gatos é o melhor para o seu felino, é recomendável que  peça conselho a um veterinário nutricionista de forma a conseguir a dieta crua perfeita de acordo com a raça, sexo e função da idade visto que cada animal têm uma necessidade nutricional diferente ou caso o gato tenha alguma doença ou uma exigência alimentar específica.

Se quiser calcular a quantidade de ingredientes e suplementos  necessários na dieta BARF para gatos, existem «calculadoras BARF» online, assim como também existem lojas especializadas na preparação ou na nutrição felina que poderão dar dicas e conselhos sobre a alimentação crua para gato. 

  1. Página Principal
  2.  ›
  3. Dieta BARF para Gato

Referências:
    www.ncbi.nlm.nih.gov
    www.pethealthnetwork.com


    New! Comments

    Quer deixar um comentário? Pode faze-lo aqui.

    Aviso Legal:  A informação disponibilizada nesta página www.bem-estar-do-gato.com deve ser apenas utilizada para fins informativos, não podendo, jamais, ser usada como substituição ou diagnóstico veterinário. O autor deste site descarta qualquer responsabilidade legal advinda da má utilização das informações aqui publicadas.